Projetos de Introdução ao Circuito Integrado 555

O circuito integrado 555 foi criado pelo engenheiro Hans Camenzind em 1970 que continua a ser utilizado até aos dias de hoje devido a sua simplicidade e diversidade de aplicações. Como forma de introdução, neste artigo elaboraremos um circuito capaz de fazer um LED piscar.

D_NQ_NP_754215-MLB41355883826_042020-O.jpg (263×261)
NE555

 

Para acompanhar este tutorial precisará dos seguintes artigos:

Imagem Produto Comprar
 

 

 

Circuito Integrado 555

 


 

 

 

Cabos Jumper Macho-Macho

 


 

 

 

BreadBoard

 


 

 

 

LED

 


 

 

 

Resistências: 1x 1k 2x 470k

 


 

 

 

Condensador Eletrolítico – Valor a Escolha

 


 

 

 

Pilha 9v

 


 

 

 

Conector Pilha 9v

 


CI 555 PinOut

555 Timer Pinout
PCI 555 – Pinout

Descrição Pins:

  1. Ground – Representa o Terra, deve ser ligado ao negativo da sua fonte de energia;
  2. Trigger – Um intervalo inicia quando a entrada de neste pino cai abaixo de 0.5 do valor de Control (0.3 de Vcc caso Control não esteja ligado);
  3. Output – Valor de saída que pode ser valor lógico – Ligado ou Desligado;
  4. Reset –  Reinicia o intervalo quando ligado ao Ground, um novo intervalo apenas começa quando  o valor da tensão é maior que 0.7v;
  5. Control Voltage – Tensão de controle usada para iniciar e limitar o temporizador;
  6. Threshold – Se o valor for maior do que Control, o valor no Output será reduzido para 0;
  7. Discharge – Ligado Temporariamente ao Ground entre cada intervalo de temporização. O inicio do novo ciclo fecha o circuito e apenas abre quando o ciclo terminar;
  8. Vcc – Entrada de tensão entre 3v e 15v deve ser ligado positivo da sua fonte de energia.

Características do CI

Algumas das características deste CI que devem ser destacadas:

  1. Possui uma faixa de tensão de alimentação entre 3 e 15v;
  2. A sua corrente de Limiar é de 30 nA;
  3. Tem um baixo consumo de corrente;
  4. A sua tensão de Reset típica é de 0,7v;
  5. Tem uma dissipação máxima de aproximadamente 500 mW;
  6. O valor máximo para a sua corrente de saída é 200 mA;

Circuito Led Flash

Esquema de Montagem

Esquema de Montagem
Esquema do Circuito

Instruções:

  1. Conectar pin 1 (Gnd) a linha negativa (-) da breadboard;
  2. Conectar pin 8 (Vcc) a linha positiva (+) da breadboard;
  3. Conectar pin 4 (Reset) ao pin 8 (Vcc) ;
  4. Ligar o positivo do condensador ao Pin 2 e conectar o negativo ao Gnd;
  5. Conectar pin 2 (Trigger) ao pin 8 (Vcc);
  6. Conectar resistência de 470k entre o pin 6 (Threshold) e o pin 7 (Discharge);
  7. Com uma resistencia de 1k conectar o pin 7 (Discharge) ao pin 8 (Vcc);
  8. Conectar resistencia de 1k ao pin 3 (Output) a qualquer linha vazia na breadboard;
  9. Ligar positivo do led a na mesma fila da resistência colocada no ponto anterior.
  10. Ligar negativo do Led ao negativo da breadboard;
  11. Ligar a pilha a breadboard respeitado a alimentação efetuada no ponto 1 e 2.

Conclusão

O circuito elaborado embora simples é um ótimo exercício de introdução a este circuito integrado tão utilizado, de seguida apresentamos algumas sugestões de projetos para melhorar e praticar os seus conhecimentos:

Dual Led Flasher

Dual Led Flasher – Esquema de Montagem

Este circuito faz com que os Leds pisquem alternadamente.

Controlar Relé:

Contorlar Relé  – Esquema de Montagem

Circuito capaz de controlar ligar e desligar Relé – Ter em atenção ao efetuar montagens com tensões altas.

Controlar Servo Motor:

Controlar Servo Motor – Esquema de Montagem

Circuito capaz de controlar a posição do Servo motor regulando os pulso interpretados pelo CI 555 ajustados pelo potenciómetro.

 

Para mais projetos, percorram o nosso blog, onde podem encontrar vários artigos interessantes relacionados com eletrónica, robótica e muito mais! Visitem também o nosso site, onde encontram tudo para eletrónica e robótica!